Sitramico | PETROBRAS DISTRIBUIDORA | Carta aos Trabalhadores e Trabalhadoras
SITRAMICO - RJ
Sindicato dos Trabalhadores no Comercio de Minérios
e Derivados de Petróleo do Estado do Rio de Janeiro.
Centro (21)3231-2700   Duque de Caxias (21)2671-1423    E-mail: faleconosco@sitramico-rj.org.br
quinta-feira, 22/08/2019 - 18:18

PETROBRAS DISTRIBUIDORA | Carta aos Trabalhadores e Trabalhadoras

Tomamos conhecimento de um informativo apócrifo sobre a reunião de mediação com o TST e que fala sobre vários itens que absolutamente não foram debatidos naquela reunião. 

É lamentável que a essa altura do processo de negociação com a BR, quando já se vão vários meses de intransigência da empresa, com os trabalhadores tendo seus direitos desrespeitados sem terem recebido qualquer aumento salarial, que alguém faça uma nota como essa, nesse que é um processo delicado e difícil. 

As entidades sindicais que estavam na reunião foram abordadas pelo mediador sobre possíveis cláusulas a serem negociadas e foram veementes em seus argumentos no sentido de defender os trabalhadores. Em nenhum momento as entidades presentes se comprometeram com aceitação de retirada de cláusulas, até porque não houve formalização de qualquer proposta. Por outro lado, os sindicatos formalizaram uma pauta de reivindicações para a empresa desde julho que ainda não foi debatida. 

Ao mesmo tempo as entidades sindicais fizeram a solicitação ao mediador para que o mesmo questionasse a BR sobre o percentual de aumento que a empresa iria oferecer, já que a empresa nada disse sobre isso. 

Da mesma forma, as entidades sindicais se colocaram para o mediador em relação à Portaria 193 que vem sendo utilizada a favor dos trabalhadores em várias empresas estatais que sofreram processos de privatização. 

As entidades também solicitaram ao mediador que buscasse junto à BR a prorrogação do acordo o que, após a reunião o Vice-Presidente do TST cumprindo o combinado solicitou a BR a prorrogação do acordo, para que houvesse um clima de tranquilidade nas negociações.  

Fizemos nossas assembleias em várias bases e conversamos com os trabalhadores sobre a importância de nos mantermos unidos e organizados durante o processo desgastante que temos vivido. 

Ainda não recebemos do TST o cronograma das próximas reuniões e não sabemos se serão unilaterais ou bilaterais. 

Pedimos a todos que se mantenham tranquilos e convictos de que qualquer informação nova sobre as negociações serão debatidas claramente com os trabalhadores em assembleias nas bases ou na sede e subsedes do sindicato.

Ligia Arneiro Teixeira Deslandes e Ângelo Martins

DOS SINDICATOS DA FRENTE NACIONAL DIS TRABALHADORES DA BR – FNT BR

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *