Sitramico | BR aposta em retirada de Direitos e Demissões para turbinar seus Lucros
SITRAMICO - RJ
Sindicato dos Trabalhadores no Comercio de Minérios
e Derivados de Petróleo do Estado do Rio de Janeiro.
Centro (21)3231-2700   Duque de Caxias (21)2671-1423    E-mail: faleconosco@sitramico-rj.org.br
quinta-feira, 19/09/2019 - 16:51

BR aposta em retirada de Direitos e Demissões para turbinar seus Lucros

Em reunião de mediação no TST que teve até consultor da Ekantica passando pano pro Sr. Rafa, foi isso que a delegação enviada pela BR à Brasilia deixou claro. De um lado reafirma seu propósito de exterminar benefícios conquistados historicamente nos ACT´s e de outro não dá um pio sobre suas obrigações assumidas com os trabalhadores na AMS e na Petros, por exemplo. Também não diz nada sobre o desejo de trabalhadores concursados de serem aproveitados em outras empresas públicas ou estatais como assegura a Portaria 193.

Acionistas acima de Tudo, o lucro acima de Todos!

Nessa toada, dizem agora o oposto do que disseram antes. A ata de reunião unilateral de trabalho e negociação redigida pelo TST é muito clara: “O juiz auxiliar […] colocou que havia sido informado pelos representantes da requerente (BR) que, considerando o novo cenário […] surgiram as seguintes intenções, proposições e pretenções em relação ao curso da presente mediação.” (veja ata na íntegra: Ata de Reunião Unilateral de Trabalho e Negociação) Uma verdadeira metamorfose ambulante!

Tudo isso dado o desejo da empresa em esconder que precisa do aval da categoria para levar a cabo a retirada de benefícios dos trabalhadores da ativa bem como inviabilizar a AMS dos aposentados.

Os representantes das entidades sindicais presentes na reunião se mantiveram firmes em reivindicar respostas a várias questões, que vem sendo cobradas da direção da empresa desde antes da venda do controle acionário por parte da Petrobrás, para as quais a empresa tem silenciado covardemente.

A BR precisa de uma vez por todas entender que somente um compromisso formal que estabeleça garantias suficientes aos trabalhadores (as) da ativa e aposentados (as) no que diz respeito a AMS e Petros, principalmente, possibilitará a celebração de um acordo com as Entidades Sindicais.

A Direção da BR conta com a falta de unidade dos seus trabalhadores (as) para levar adiante o projeto de destruição de direitos e empregos. Você vai apoiar isso?

A Diretoria

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *