Sitramico | BR | Assembleias Deliberativas: Dissídio Coletivo
SITRAMICO - RJ
Sindicato dos Trabalhadores no Comercio de Minérios
e Derivados de Petróleo do Estado do Rio de Janeiro.
Centro (21)3231-2700   Duque de Caxias (21)2671-1423    E-mail: faleconosco@sitramico-rj.org.br
quinta-feira, 12/03/2020 - 7:02

BR | Assembleias Deliberativas: Dissídio Coletivo

INFORMATIVO SOBRE O PROCEDIMENTO DA APURAÇÃO DOS VOTOS REALIZADOS NAS ASSEMBLEIAS PREVISTAS NO EDITAL DIVULGADO NO DIA 04 DE MARÇO DE 2020 PARA DELIBERAÇÃO SOBRE A PROPOSTA DO TST CONSTANTE NO DISSÍDIO ECONÔMICO Nº 1000881.71.2019-5-00-0000 EM FACE DA PETROBRÁS DISTRIBUIDORA

Com intuito de conferir maior transparência e, portanto, maior legitimidade ao processo de votação secreta instituída pelo SITRAMICO/RJ para deliberação da proposta do TST, o sindicato vem através deste informativo dar publicidade ao procedimento de apuração dos votos realizados nas assembleias que ocorreram conforme edital divulgado acima:

1.Encerradas as assembleias de votação nos locais (7 urnas) determinados no edital, os votos serão lacrados em malotes (em um total de 5 ) e encaminhados para a sede do Sindicato, localizada na Rua México, nº 11, grupo 501, Centro, Rio de Janeiro-RJ

2. Os malotes conterão os votos dos seguintes locais:

Malote 1: votos da GEI e DERIO e votos da BADUC;

Malote 2: votos da BAVOL e votos da LUBRAX;

Malote 3: votos da GARIO;

Malote 4: votos da Sede do Sitramico/RJ;

Malote 5: votos do DECAE.

3. Uma vez que todos os malotes se encontrem na sede do Sindicato, a apuração dos votos ocorrerá no dia 13/03/2020 a partir da 12h30 e se encerrará às 13h30;

4. Será constituída apenas uma mesa coletora de votos composta por dois diretores do Sindicato que não sejam do segmento BR ou por funcionário do SITRAMICO/RJ, sendo um presidente da mesa e outro secretário;

5. Poderão ter até 4(quatro) fiscais, sendo que um fiscal deve ser um empregado ativo  da empresa, o segundo fiscal, um aposentado não em atividade da empresa, o terceiro fiscal, um representante indicado pela empresa, se ela assim o quiser, conforme ofício enviado e o quarto fiscal, um diretor ou ex-diretor do Sindicato ou alguém indicado pelo Presidente do Sindicato;

6. Declarada a abertura da apuração dos votos pelo presidente da mesa coletora, serão abertos todos os malotes e inicialmente contabilizados o numero de cédulas de cada urna com a respectiva lista de presença daquela urna. Em caso da  divergência entre numero de cédulas e o numero de assinaturas na lista de presença serão tomadas as seguintes providencias:

A) Numero de assinatura superior ao número de células da respectiva urna, para cada assinatura extra, será contabilizado um voto em BRANCO;

B) Número de cédulas superior ao número de assinaturas da lista da respectiva urna: será descartado um voto em SIM e um voto em NÃO;

7. Após o saneamento das urnas, todos os votos serão colocados em local único para apuração;

8. Os votos serão contabilizados da seguinte forma: número de votos “SIM”, números de votos “NÃO”, numero de votos em “BRANCO” e número de votos NULOS. Obs. Será considerado voto nulo aquele cuja cédula possua as duas opções “SIM” e “NÃO” marcadas e/ou que tenha alguma rasura ou qualquer coisa inscrita;

9. Depois de contabilizados todos os votos de todos os malotes de todas as urnas será feita ata de apuração na qual será declarada o resultado da votação, com o número total de votos apurados; o numero de votos no “SIM”, o número de votos no “NÃO”; o número de votos em “BRANCO” e o numero de votos “NULOS”, datada e assinada pelo presidente do Sindicato e Diretora Administrativa.

Ubiraci Pinho

Diretor Presidente

Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *